quinta-feira, 30 de junho de 2011

Matar o pai..

Villas Lembra constantemente Robson, Mou nunca o fez...
Mourinho recusou Villas, disse que no FCP é fácil ganhar, em + um elogio a PdC.
Para "picar"(mind games) Villas, disse, no início da época, que o Clube do Regime podia ser bi e campeão europeu...
Villas disse admirar Guardiola (os mind games deixaram de ser propriedade de Mou - o seu informático de 7 anos apropriou-se deles... ) Villas tem raça inteligência e muita AMBIÇÃO

Claro que o "mister da remontada histórica no galinheiro e de outros feitos que a história jamais apagará!" não podia vir dizer que se "precipitou", devido ao camião de petrolibras que o Russóbritânico lhe colocou na conta bancária, mas sim, em razão da sua legítima AMBIÇÃO! (até se deu ao luxo de dizer que a proposta do FCP era mt boa!— LOLADA Villas—nem o Futre teria uma tirada dessas!")
Mas que ambição é esta?
A de matar o pai Mourinho!
não chega dizer que o avô (Robson) é o seu mentor blá... blá...
Qualquer puto para se fazer Homem passa por isto... é normalíssimo!
Agora vamos ver como é que o pai reage...

O Villas acha que com o Chelsea pode conseguir com maior facilidade o seu objectivo.
Com uma pipa de massa é muito mais fácil conseguirem-se objectivos. E, é bom lembrar que "O Mou" também tem uma pipa de massa à disposição... e ainda, que "O Mou" é um osso muito duro de roer!

siga a novela...

Um comentário:

Luis disse...

E que tal falar do Futebol Clube do Porto e deixar essa gente onde está?Para mim como Tripeiro e Portista era mais agradável ler posts sobre o nosso clube e ignorar o que já é passado.Apenas uma opinião como muitas outras.