domingo, 20 de março de 2011

FC "Porto Canal"


Concretização do negócio depende do financiamento dos três primeiros anos de actividade.

O Futebol Clube do Porto (FCP) só concretiza a compra do Porto Canal, acordada na semana passada com a espanhola Mediapro, se conseguir assegurar o financiamento dos três primeiros anos de actividade. O clube está à procura de financiamento, revelou ao Diário Económico Luís Paixão Martins, consultor do FC Porto para este projecto. O contrato assinado entre as duas empresas contém uma cláusula que permite ao FCP abandonar o negócio no prazo de 90 dias.

Ainda segundo o consultor, os custos - de capital e de antena - deverão ser suportados com a "própria distribuição do Porto Canal", disponível nas plataformas do Meo e da Zon.

O investimento do FCP no Porto Canal insere-se no projecto de desenvolvimento de uma nova plataforma multimédia com um orçamento previsto (em grelha) de cinco milhões de euros por ano, montante que não inclui o investimento. O clube de Jorge Nuno Pinto da Costa deverá assumir o controlo do canal a 1 de Julho, entretanto está a desenvolver os meios de suporte digital que também vão fazer parte da plataforma.

Nenhum comentário: