segunda-feira, 4 de outubro de 2010

Novo Calabote Volta a Atacar



+ Toda a Equipa que resistiu sem um "Ai",na 1ª parte, a 7 (!!) erros do Novo Calabote, sinal de que estavam preparados...
O Empate acaba por ser um mal menor.
Só daqui a 10 jornadas é que o Calabote Xistra nos deve voltar a Roubar.

- Depois da reforma do Luzcílio o Xistrema continua... não me vou dar ao trabalho de relembrar o histórico desta papoila
(Releiam o Apito Encarnado e o Águia do Graveto).
- Como é que é possível nomear este artista depois da caça ao Hulk de 2009

4 comentários:

Jorge disse...

não percebo os comentários exagerados ao trabalho do Xistra, palavra. bastava que aquela bola do Moutinho tivesse entrado e a história seria diferente...

não é nenhuma catástrofe perder dois pontos em Guimarães. os nossos rapazes lutaram pela vitória mas não a conseguiram, há que continuar a trabalhar para voltar a vencer.

quanto a Villas-Boas, excedeu-se. não pode dar motivos à imprensa para se queimas, prejudica-se e prejudica o clube. tem de ter mais calma nos pós-jogos...

um abraço,
Jorge
http://porta19.blogspot.com

Dragus Invictus disse...

Olá bom dia,

Ontem dominamos e controlamos o Vitória o jogo todo.
O Vitória apenas teve duas oportunidades além da que deu golo.
João Moutinho e Fernando estiveram enorme no meio campo, o que nos permitiu ter controlo sobre o adversário.
Se empatamos foi por culpa própria. Uma equipa mesmo a controlar o jogo deve sempre procurar o segundo golo para matar o jogo. A partir dos 15 minutos da segunda parte, fizemos o que aconteceu na Bulgária, excedemos em demasia a confiança de que o resultado estava feito.
Só que o futebol é imprevisível e num erro defensivo do Fucile, o Vitória consegue sem saber ler nem escrever empatar a partida.
Fucile esteve muito mal ontem. Após ter levado o primeiro amarelo, sabendo que do outro lado estava um árbitro à espera de uma nesga para nos prejudicar, junto à linha lateral num encosto de braço faz demasiado teatro na queda. Teve sorte porque era mesmo falta, senão veria o segundo amarelo.
Comete um penalti na primeira parte escusado sobre o Edgar. Na segunda parte depois da asneira de deixar fugir o recém entrado marroquino, tem aquela entrada imprudente no calcanhar do adversário, o que lhe vale a expulsão, numa altura em que o Porto estava a tentar vencer a partida.
Ainda não vi o citado penalti aos 77 minutos. A reacção de AVB foi a quente. Xistra teve algumas decisões erradas, nomeadamente a não expulsão de João Paulo e alguns fora de jogo mal assinalados, como aquele em que Alvaro na primeira parte se preparava para isolar, e já nos últimos minutos aquele do Falcao.
Na primeira parte podíamos ter selado a partida, não fosse a excelente defesa de Nilson diante do isolado Moutinho.
Resta-nos levantar a cabeça, e continuar a lutar dentro do campo, e nunca mais cair do erro de pensar que o controlo do jogo é garante de vitória.

Abraço

Paulo

http://pronunciadodragao.blogspot.com/

Dragaopentacampeao disse...

Em alta competição a eficácia é um dos factores mais importantes. O FC Porto criou neste jogo oportunidades para vencer confortavelmente. Apenas concretizou uma.

Os erros também se costumam pagar caro. Mais uma vez se confirmou, quer no golo sofrido quer mesmo na expulsão. Embora considere que o primeiro amarelo a Fucile é injusto porque o uruguaio joga a bola, já no segundo é merecido. A imprudência do defesa ao entrar daquela maneira, sabendo que já estava amarelado é de bradar aos Céus!

Foi uma exibição na linha das anteriores, com excepção para o jogo da Supertaça e do jogo frente ao Braga, em que o FC Porto jogou muito mais.

Há jogadores que começaram muito bem e que têm vindo a perder fulgor (A. Pereira,Belluschi e Varela). Creio que está na hora do treinador tomar medidas.

Quanto ao Xistra, ainda que considere que esteve ao seu habitual nível, não o podemos responsabilizar por este empate. Perdoou-nos uma grande penalidade cometida por Fucile (ele outra vez!) e não consigo vislumbrar o tal penalty que terá custado a expulsão de André Villas-Boas. De acordo com a informação de Rui Cerqueira, na Conf. de Imprensa o lance ter-se-à desenrolado aos 77' e 53''.

Tenho o jogo gravado, já revi várias vezes e não é perceptível qualquer irregularidade. Nem sequer o esboço de qualquer reclamação dos jogadores portistas.

Empatamos, perdemos dois pontos, mas continuamos na frente com uma vantagem confortável.

Não percebo a necessidade do tipo de reacções que o treinador protagonizou no final. Acho que elas são dignas daqueles que asperamente criticamos.

Um abraço

Templo do Dragão disse...

Jorge, não posso concordar consigo. Vi pela TV o jogo, onde se percebe claramente que desde o Apito Inicial, o Xenhor Xistra vinha com um objectivo definido e não vou enumerar o que vi porque me cansa...
Este árbitro está "bem calçado" há muito tempo...pelo Sr Condenado por Roubo e Traficante de pneus. O que quer apenas dizer que temos que ser 20 vezes melhores quando ele está em campo, nada mais! E será sempre assim!
O que não quer dizer que não GRITEMOS, quando somos roubados, apesar de nada valer!
Por isso, julgo que todos os Portistas(treinador e presidente incluídos) devem "registar" estas encomendas!
O Sr Pinto da Costa falou em "férias", se ler o Apito Encarnado percebe o que ele quer dizer...
Lembro que ao Xistra é preciso acrescentar toda a "equipa de Setúbal" que o sr Carlos-do- traficante" Valente controla