segunda-feira, 13 de setembro de 2010

Dossier "Madrid me Mata"


Murro na Mesa I ( Ir ás compras a Madrid)

Javier Balboa deixa o Benfica cerca de um ano depois de ter chegado. Um ano e um mês, para se ser mais preciso. Chegou no final de Junho de 2008, parte no final de Julho de 2009. Jorge Jesus considera que não há espaço para o extremo, pelo que foi dado como dispensável. Já nem segue com a equipa para Amesterdão, de resto.

É uma boa altura, por isso, para olhar para o que Balboa fez no Estádio da Luz. O jogador natural da Guiné-Equatorial, recorde-se, foi contratado ao Real Madrid com pompa e circunstância. Custou quatro milhões de euros, sendo uma das aquisições mais caras do clube, e ficou com uma cláusula de rescisão de 20 milhões de euros!

Apesar disso, nunca se afirmou completamente. Bem pelo contrário. Chegou ao final da época com 18 jogos realizados, nenhum deles completo, apenas um no onze inicial (em Guimarães, para a Taça da Liga). No final contabilizou 344 minutos, divididos entre 153 na Liga, 37 na Taça da Liga, 110 na Taça UEFA e 44 na Taça de Portugal.

Ora por aqui já se percebe como Balboa ficou longe de ser um bom investimento. Os números são mais cruéis do que isso, porém. O extremo realizou um total de 344 minutos, num investimento que só com a compra do passe representou quatro milhões de euros. Por cada um dos 344 minutos, portanto, Balboa custou 11 627 euros.

2009-07-23 00:04h

Beifique: Balboa custou 11 600 euros por minuto in maisfutebol

http://www.maisfutebol.iol.pt/desporto/balboa-benfica-maisfutebol-minuto-javier-benfica/1077487-4062.html

Nenhum comentário: